fbpx

Casos de Leishmaniose Visceral no Sudeste brasileiro já ultrapassaram 180 em 2019

Doença tem alto índice fatal e a tendência é de aumento até o final do ano


Casos de Leishmaniose Visceral no Sudeste brasileiro já ultrapassaram 180 em 2019

O Estado de Minas Gerais lidera o ranking de Leishmaniose Visceral na região Sudeste do Brasil, com um total de 130 casos. Os dados estão registrados no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), do Ministério da Saúde e referem-se aos nove primeiros meses deste ano. De acordo com especialistas, a quantidade de casos pode aumentar até o final do ano, colocando em risco a população das localidades afetadas.

Conforme o levantamento realizado pelo ministério, São Paulo vem logo em seguida com 48 casos notificados no Sinan. Bem abaixo dos dois Estados estão o Rio de Janeiro e o Espírito Santo empatados com somente quatro casos, cada um. No total, o Sudeste brasileiro já registrou 186 casos. Como resultado da avaliação de especialistas, acredita-se que a tendência é de aumento até o final de 2019.

Transmitida pela picada de mosquitos-palha infectados, a Leishmaniose Visceral costuma se desenvolver em locais úmidos, sombreados e ricos em matéria orgânica, como folhas,  frutos, fezes de animais e outros entulhos que favoreçam a umidade do solo.

Conforme a organização humanitária Médicos Sem Fronteiras (MSF), a doença também é conhecida como Calazar e nessa forma visceral mais grave conta com índice fatal de mais de 95%, afetando as pessoas mais pobres por estar intrinsecamente ligada a condições insalubres de habitação e saneamento precário.

Sintomas

De acordo com o Ministério da Saúde, febre alta, perda de peso, fraqueza, aumento do baço e do fígado, nódulos linfáticos inchados e anemia estão entre os principais sintomas. Assim, o diagnóstico pode ser realizado tanto por meio de técnicas imunológicas, quanto de parasitológicas e o tratamento está disponível na rede de serviços do Sistema Único de Saúde (SUS). Saiba mais sobre a doença aqui.

Com a finalidade de fomentar a discussão sobre tema, o portal Entender o Brasil vem apresentando uma série de conteúdos especiais sobre a Leishmaniose. Confira o panorama da doença no Brasil.

Panorama parcial da Leishmaniose Visceral no Sudeste

Minas Gerais – 130 casos
São Paulo – 48 casos
Rio de Janeiro – 04 casos
Espírito Santo – 04 casos

Total = 186 casos até setembro de 2019